• wytways

EP6 (WAYS)

W1) "Não há terror em um estrondo, apenas na antecipação dele"-Hitchcock. (FONTE)



 

W2) Vida Maria - Curta metragem ( FONTE)



Maria faz desenhos em um caderno apoiado no parapeito da janela. Sua mãe lhe dá uma bronca e a obriga a largar o caderno para trabalhar na roça. Maria cresce e tem filhos. Anos depois, diante da mesma janela, também obriga a filha a largar o desenho e trabalhar na roça da família, repetindo o mesmo ciclo de comportamento de várias gerações.

 

W3) Quando não é pra acontecer não acontece (FONTE)



No meio de uma pista de corrida com os carros em alta velocidade, um cachorro escapa de ser atropelado por pouco, praticamente por um milagre.

 

W4) Inteligência interpessoal e intrapessoal ( FONTE)


Inteligência intrapessoal é saber o que acontece com os seus próprios sentimentos e o que se passa com você num determinado momento.


Inteligência interpessoal é saber interpretar o que os outros à sua volta estão sentindo, pensando e querendo.


A junção desses dois tipos de inteligência se chama inteligência emocional.

 

W5) Fechados pra colocar a cabeça no lugar. ( FONTE)



 

W6) Novos emojis (FONTE)


 

W7) Pesadelos acalmados ( FONTE)



Eu sou um "cientista dos sonhos". Um dos objetivos do meu trabalho é ajudar quem tem pesadelos. Estudo os sonhos para entender melhor como funcionam e o que acontece quando são interrompidos, inclusive por causa de pesadelos recorrentes. Quero descobrir maneiras de reparar pesadelos e, em seu lugar, criar sonhos curadores.
São temas recorrentes nos pesadelos: veículos fora de controle, queda, ser perseguido ou atacado, dentes caindo e estar atrasado ou despreparado para um exame.
O tratamento mais comum para pesadelos é a terapia de ensaio com imagens, que envolve o uso da visualização enquanto acordado.
Quem busca esse tipo de terapia, normalmente escreverá seu pesadelo no papel e tentará mudar algo no roteiro para tornar o sonho mais positivo. Em seguida, passará de 10 a 20 minutos ensaiando mentalmente a versão reinventada de seu sonho.
 

W8) O que acontece quando uma streamer virtual não tem direito de ter o próprio corpo. ( FONTE)



Há uma onda crescente de streamers que transmitem usando modelos 3D capazes de substituir seus corpos e rostos (vtubers). A tecnologia oferece anonimato para o streamer e enorme potencial de marca em torno do personagem de desenho animado que habitam.
O modelo fala e se move de acordo com a pessoa por trás dele e os espectadores não vêm quem está por trás.
O streamer comprou os modelos 3D da personagem "Melody" por 5.000 dólares.
Mas agora o artista criador de Melody alega que ela lhe deve dinheiro. Entrou com uma reclamação de direitos autorais, reivindicando a propriedade sobre o "corpo virtual" de Melody.
Num vídeo do youtube, Melody conta até uma história de como teria sido seu surgimento: ela é uma espécie de inteligência artificial, que começou a vida como um aplicativo de verificação de e-mails. Depois foi atacada por um "vírus sexy" e ficou obcecada por hentais ( desenhos pornográficos japoneses).